quarta-feira, 31 de outubro de 2007

Poetizando.

Eu choro
em demasia.
Choro tanto
que as lágrimas viram palavras
e as palavras
poesias.

Um comentário:

Jim disse...

SEM SOMBRA DE DUVIDA, essa é a sua poesia mais bonita
;3