terça-feira, 16 de outubro de 2007

Pequena flor.

Da janela
observei a cor da vida
mudando
sobrepondo o negro
do branco
e revelando o brilho
da verdade.
Para toda flor
a uma razão
para querer semear
e murchar.

Um comentário:

Jim disse...

voce deveria parar tdo e viver como poeta xD
;3 saudade de voce morsinha